“Maria, a Mãe de todas as horas”

Maria, um único nome de mulher que tem tantas definições e que tantas vezes é invocada nos mais diversos casos e em tantas situações diferentes.

É a Mãe Generosa e verdadeira que está junto aos seus filhos todos os dias e dela não nos esquecemos nunca e a saudamos como verdadeira Rainha do Céu e da Terra, a Senhora da Anunciação.

É a Ela que recorremos para uma Boa Morte, um Bom Parto ou uma boa Guia. A Ela pedimos Paz, Graças, Bom Conselho, não importando se Ela é de Fátima, de Lourdes, de Guadalupe, de Medjugorje, de Nazaré ou simplesmente Aparecida.

Todos nós sabemos que ela é a Auxiliadora dos Cristãos, da Divina Providência, Mãe da Misericórdia, Desatadora de Nós, Consoladora dos Aflitos, Rainha dos Apóstolos, Intercessora das bodas de Caná e da nossa vida, ela é presença viva e constante na nossa caminhada da vida por este mundo de angustias e tribulações em que vivemos, verdadeiro vale de lágrimas.

É Ela que nos dá o Perpétuo Socorro, a Glória, a Luz, os Remédios, tira de nós as nossas Dores e dirige nossos Passos. Está sempre pronta para uma Boa Viagem ao lado de todos os Navegantes, passageiros do barco da vida.

Ela é a milagrosa cantada em versos e trovas, cunhada em medalhas, estampas, adesivos, camisetas, faixas e cartazes e a vemos em todos os lugares por ande passamos. É a Mãe de Deus, de Jesus, da Igreja e dos homens e está sempre presente.

nossa-senhora-imaculada-conceicaoÉ invocada como sendo do Carmo, das Mercês, da Penha, de Achiropita, do Ó e do Rosário.

Com estes títulos aqui citados e outros mais de 1.500 pelo mundo afora, o que queremos na verdade é simplesmente prestar uma homenagem a essa mulher de fé. Ela que desde pequena já havia sido escolhida por Deus Pai para trazer ao mundo a salvação e a redenção, por obra desse Pai e ação do Espírito Santo, permaneceu com seu corpo intacto e inviolável antes e depois do nascimento de Jesus.

Continuou sendo gloriosamente a Virgem Imaculada.

Se hoje nós temos Jesus Cristo vivo e presente na Sagrada Eucaristia, guardado em Sacrários especiais para o Santíssimo Sacramento nas Igrejas do mundo todo, não podemos esquecer jamais que o primeiro Sacrário do Filho de Deus foi justamente o ventre de Maria, único e autêntico Sacrário Vivo, que recebeu, gerou, formou e entregou ao mundo o maior de todos os presentes que a humanidade poderia receber.

Por tudo isso não poderia deixar passar este dia 08 de dezembro sem falar dela, principalmente para nós vicentinos do Brasil, que realizamos em todos os nossos Conselhos Particulares as nossas Festas Regulamentares, ou Assembleias, em sua homenagem.

Que Nossa Senhora da Imaculada Conceição seja o exemplo de fé, amor, aceitação e doação a todos nós, seus filhos amados e roguemos a ela que continue nos acompanhando, guiando e nos abençoando sempre até o dia da nossa morte.

Salve Maria.

Louvado Seja o Nosso Senhor Jesus Cristo,

Confrade José Carlos de Camargo

Presidente do Conselho Central de Jacareí

“Que a exemplo de Maria que na sua simplicidade visitou sua prima Santa Izabel para servi-la, nós vicentinos possamos assistir os pobres em seus lares, asilos, creches, educandários, esquinas, na mesma simplicidade, amor e caridade”

(Diretoria do Conselho Metropolitano de São José dos Campos)

Veja também...

Deixe uma resposta