O que é a rede de Caridade

O que é Rede de Caridade?

Em 1833, quando Frederico Ozanan fundou a Sociedade de São Vicente de Paulo, ele disse: “Gostaria de reunir o mundo numa rede de caridade.”
Em primeiro lugar vamos fazer uma avaliação do que vem a ser caridade.
No plano cultural e teológico o dicionário e a vida ensinam: caridade é uma das três virtudes teologais, é também sinônimo de bondade, compaixão.
No plano catequético e litúrgico o Apóstolo Paulo dá uma verdadeira aula em Cor13, 4-7.
No plano espiritual e salvador de Jesus Cristo, Ele ensina: “Amai-vos uns aos outros, como eu vos amo” Jo15, 12 e ainda dá a receita certa: “Vai e faze tu o mesmo.” Lc 10, 37.
Deduzimos então que praticar caridade não é praticar assistencialismo, não podemos nos limitar a sermos meros entregadores de cesta básica, que por sinal não era essa a intenção de Ozanam.
Caridade vai muito mais além.
Na prática da verdadeira caridade é muito importante que olhemos para os nossos pobres com os mesmos olhos de Jesus e ver neles o que Ele via: Filhos amados do Pai.
Isto porém não é tudo, é preciso ir mais longe, precisamos amá-los com o mesmo coração que Jesus amava. Devemos fazer o nosso coração semelhante ao D’Ele.
Se no nosso peito não bater um coração como aquele que bate no peito de Jesus, ainda temos muito para aprender e nem teremos coragem para dar a vida pelo irmão.
E o que é uma rede?
Bem, aqui a coisa é mais simples de se entender.
Vejamos o exemplo do pescador, ele pega a vara e a linha e pesca um peixe por vez.
Alguém teve a idéia e foi trançando a linha, prendendo os elos com nó, para firmar a unidade e a resistência e assim alcançar uma quantidade maior de peixes.
Estava criada a rede de pescar.
Temos ainda a rede para descansar, que segue mais ou menos a mesma idéia, visto que se for fraca não resiste ao nosso peso.
E as grandes redes de lojas e supermercados. O que acontece se não forem fortes também?
A Rede de Caridade idealizada e sonhada por Frederico Ozanam não foge em nada disso tudo.
A grande diferença é que a rede pensada por Ozanam deve ser composta por seres humanos, pessoas comprometidas com Deus, seguidores de Jesus Cristo, fiéis ao Evangelho, abertas à prática do amor, que se disponha a servir os irmãos como se estivessem servindo o próprio Cristo.
Esta é a grande rede de caridade sonhada por Ozanam.
Pessoas comuns, conscientes e unidas, trabalhando e se doando para defender, ajudar e amenizar o sofrimento de outras pessoas em situações de necessidades, sabendo que eles e nós somos filhos do mesmo Pai, sem distinções.
Para todos nós vicentinos, confrades e consocias, é um prazer e uma honra saber que somos parte dessa sonhada rede de caridade do Confrade Ozanam, pois temos a oportunidade de tornar realidade o ideal do nosso fundador, perseverar na nossa santificação pessoal e fazer acontecer já neste mundo o reino de Deus.
Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

José Carlos de Camargo
Presidente C C Jacareí

Veja também...

Deixe uma resposta